Como identificar uma antiguidade quando você vê uma

Isso será útil nos mercados de pulgas, vendas de imóveis e lojas de antiguidades neste verão.

o que é 10 x açúcar
DeLauren ThomannAnúncio de 8 de maio de 2019 Salve  Mais moldagem de porta-retratos moldagem de porta-retratosCrédito: JOHNNY MILLER

Identificar antiguidades não é uma tarefa fácil. As pessoas dedicam suas vidas a aprender sobre as complexidades e nuances de objetos antigos e valiosos. No entanto, as mentes questionadoras precisam começar de algum lugar. Se você está mais curioso sobre o valor das antiguidades, tente não se precipitar. A primeira coisa que os thrifters mais experientes precisam aprender é a idade de qualquer item antes de poderem avaliar o valor com sucesso. Como você identifica a idade de algo (ou se é ou não realmente uma antiguidade) quando está fazendo compras em um mercado de pulgas ou feira? Para começar, não presuma que tudo é antigo. Infelizmente, há muitas reproduções e itens novos em lojas de antiguidades e outras lojas de segunda mão.

Para determinar se um item que você está olhando realmente é antigo (e, portanto, mais valioso), familiarize-se com estes pontos-chave.





RELACIONADO: COMO COMPRAR ANTIQUES E ACHADOS VINTAGE ONLINE

Marcas do fabricante

PARA marca do fabricante é uma das principais pistas para descobrir a idade de algo. Essas marcas também podem nos dizer quem fez o item e onde. Para localizar uma possível marcação, olhe por baixo do objeto e em locais escondidos. Lembre-se de que nem tudo terá a marca do fabricante, portanto, não perca as esperanças se não conseguir encontrar uma.



As marcas do fabricante podem vir na forma de um rótulo, etiqueta, impressão ou assinatura. Tire uma foto da marcação e pesquise. Esta etapa pode exigir uma pesquisa criativa se você nunca viu a marca registrada antes. Por exemplo, se você encontrou o carimbo de um pássaro dentro de um círculo no fundo de uma tigela de prata, você pode pesquisar 'marcas de prata de um pássaro dentro de um círculo'. (Este não é um exemplo da vida real, mas apenas para você ter uma ideia.) Dica profissional: algumas marcas de fabricantes mais populares foram falsificadas. Por exemplo, alguns anéis de diamante foram impressos de forma fraudulenta com 'Tiffany'. Como backup, você precisará examinar a qualidade e a fabricação da peça para determinar a autenticidade.

Detalhamento de Qualidade

Muitas coisas eram feitas à mão há 100 anos, mesmo no início da Revolução Industrial. Se um item não foi feito à mão, geralmente foi feito com a qualidade em mente. Faça o seu melhor para examinar itens como móveis, porcelana e joia com a intenção de encontrar indicadores de que o item foi feito à mão ou construído para durar. Um exemplo típico disso é olhar o interior de uma gaveta da cômoda. Dovetailing é uma técnica mais antiga usada para conectar uma face de gaveta às laterais da gaveta. Em geral, as peças de mobiliário mais antigas tinham juntas de cauda de andorinha mais largas. As juntas de cauda de andorinha feitas à mão são ligeiramente irregulares e personalizadas para os móveis.

Sinais de Idade

Ao avaliar objetos, é importante lembrar que alguns sinais de idade podem ser falsificados. Por exemplo, alguém pode manchar intencionalmente um pedaço de joias de prata para fazer com que pareça mais antigo. No entanto, muitos sinais de desgaste não são falsificados porque sua presença desvalorizaria a antiguidade. Por exemplo, a maioria dos anéis de ouro antigos mostra algum desgaste na haste do anel porque o ouro se desbota lentamente com o uso. Alguém não iria querer falsificar este atributo porque os anéis usados ​​custam menos do que os anéis imaculados. Alguns outros sinais de envelhecimento incluem: arranhões e imperfeições em móveis de madeira; lascas, rachaduras finas ou fissuras em pratos; manchas ou descoloração em metais como estanho, prata ou ouro; amassados, manchas, perda de tinta ou outros sinais de uso; ou áreas de reparo, como juntas de solda ou pregos incompatíveis.



Depois de saber que algo é antigo, você pode começar a datar o item. A datação antiga envolve a identificação de estilos e motivos comuns usados ​​durante vários períodos de design, de preferência com a contribuição de uma avaliação profissional. Caçada feliz!